É vegetariano? Leia isso sobre dieta saudável

Ao contrário do que se pensa, a ciência indica que uma pessoa que deixa de comer carne e derivados fica mais saudável do que uma que continua com carne em sua alimentação, desde que se alimente da maneira correta com sua nova modalidade de alimentação.

Muitas pessoas fazem isso por questões religiosas como acreditar que estão contribuindo para a matança de animais ao comer carne, sendo que evolutivamente o ser humano é predador, no que data desde a pré-historia quando os nossos ancestrais caçavam bisões, mamutes e outros animais de grande porte para trazer o alimento para a família ter proteínas para comer. Até algumas tribos da África hoje em dia tem esse comportamento. O marido vai caçar enquanto a mulher com os filhos fica nas suas instalações. Quando o homem não consegue trazer alimento para sua família, a mulher tem um plano B, ela tem outros meios como ir atrás de raízes tuberosas como a bardana enquanto o marido está caçando. Elas são bastante nutritivas.

Evolutivamente os hominídeos já vinham comendo carne, em um tempo que corresponde há mais ou menos 6 milhões de anos com o Sahelanthropus tchadensis que era um macaco que já andava de pé…

sahelanthropus tchadensis

Sahelanthropus tchadensis – Imagem por Tim Evanson

…passando pelo Australopithecus boisei que tinha a arcada dentária com dentes grandes e bulbosos para triturar sementes, tendo uma dieta predominantemente vegetariana,

paranthropus boisei arcada

Paranthropus boisei – arcada dentária

porém também comia carne, até o Homo sapiens e Homo neandertalensis, que conviveram juntos e divergiram do Homo heildebergensis. De lá até cá, como sabemos os Neandertais foram os últimos a extinguir se só sobrar nós, que passamos a ser uma variedade mais evoluída Homo sapiens sapiens. Nos disseminamos da África para Ásia e para o mundo.

Dentes humanos mastigação

A parte da frente da nossa arcada dentária foi moldada para rasgar carne, por isso que ela é bem fina. Já a parte de trás são de dentes mais bulbosos próprios para triturar sementes. O que podemos perceber é que os hominídeos foram selecionados através da seleção natural (os que tinham condições físicas de sobreviver naquela época, com o que existia para comer viviam mais e se reproduziam, e os que não, morriam cedo e não se reproduziam).

Em zoológicos observamos o comportamento dos animais e vemos que para ele se reproduzir, todo o ambiente deve estar parecido ao ambiente que a espécie vive na natureza, sem ter nenhum tipo de estresse, senão não há reprodução, senão eles não copulam.

Sobre o vegetarianismo hoje em dia, há o:

  • Vegetariano radical que é conhecido como vegans ou veganismo e são pessoas que não comem nem carne nem nada de origem animal. O que eles comem são frutas, pães, vegetais dos mais variados tipos, leguminosas, nozes, grãos, etc.
  • Ovovegetarianos comem alimentos de origem animal somente os ovos, tendo uma dieta formada em sua maioria pelos vegetais.
  • Lactovegetarianos comem além dos vegetais citados acima, o leite e os derivados do leite.
  • Ovolactovegetarianos comem ovo e leite, além dos vegetais.
  • Semivegetarianos são os que apreciam a dieta vegetariana, mas ainda comem carnes mais saudáveis como o peixe que é rico em Omega 3 e o frango.
  • Psicovegetarianos são os que, além de claro a dieta com vegetais, comem só peixe como de origem animal.

sou vegetariano

Enfim, para ser vegetariano, não precisa ser radical Vegano retirando todos os alimentos de origem animal, pode conservar alguns tipos de carne na dieta. Um ponto que preocupa são os vegetarianos radicais, pois os seres humanos precisam de ter uma dieta balanceada e quanto mais restrita a dieta, quanto menos tipos de alimentos, mais difícil é de balancear. Lembremos que os animais comem diversos tipos de vegetais, o que sua composição nutricional vai ser aproveitada pelo nosso organismo. O que difere é só com respeito à energia, pois segundo os níveis tróficos em ecologia, só aproveitamos cerca de 10% da energia dos animais.

Como um vegetariano, principalmente Vegano, deve se alimentar diariamente? O bom é que não se alimente SOMENTE de vegetais, mas se for assim, veja o que fazer para manter a dieta saudável:

vegetais

Frutas: CítricasToranja, laranja, limão, acerola, camu camu seja como suco ou puros. Com alto teor de ferro – Ameixa seca, damasco seco, figos secos, uva-passa, ameixa (suco), tâmara, etc. É interessante a associação de um grupo com outro, pois a vitamina C ajuda na absorção do ferro. Outras também podem ser acrescentadas como uva, banana, pêssego, maçã, pêra, abacaxi. 3 porções diárias.

Vegetais e alimentos livres: Verde escuro ou alaranjado – Folha de beterraba, brócolis, abóbora, espinafre, couve, alface, cenoura, etc. De outros grupos temos Alcachofra, couve-flor, tomate, pepino, rabanete, berinjela, aspargo, vagem, repolho, etc. Lembrando que escolhamos adicionar primeiro as de folhas verde-escuro ou alaranjado, para depois escolher adicionar as convencionais, isso diariamente, associando uma à outra. 2 porções diárias.

Amido: Milho, cevada, muffin de milho, trigo para quibe, wafers de centeio, batatas, batata-doce, aveia, arroz integral, espaguete enriquecido, flocos de cereais (como o de milho – cuzcuz), fécula cozida, etc. Alguns são fontes de proteína, vitamina B e ferro. Os enriquecidos são melhores. 4 porções diárias.

Legumes (no lugar de carne): Como os legumes são fontes de ferro, proteína, niacina etc. Podem ser substitutos da carne. Soja, diversos tipos de feijão (great northern, marinheiro, carioca, roxinho, lima), ervilhas, grão de bico, lentilhas. 2 porções diárias.

Castanhas e sementes (para conseguir gordura): Amêndoas, nozes, gergelim, nozes pecã, semente de girassol, semente de abóbora, castanha do Pará, castanha de caju, amendoim, pasta de amendoim. 1 porção diária.

Nota: Essa é uma opinião pessoal embasada, de uma pessoa que estuda biologia.

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB e cia.
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 15 de janeiro - 2016 às 17:19
Tags:

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.