Muitos não gostam dela por ela ter características de planta daninha, pois brotam em pastagens terrenos de plantio etc, que pode problematizar plantações. As outras espécies dela aparenta ter mais flores do que esta, na planta, principalmente na parte de cima. Muita gente usa o chá de sete-sangrias, tanto para curar de ansiedade e nervosismo e doenças internas, quanto para curar doenças de pele em geral. Confira mais abaixo seus benefícios à saúde.


Nome científico
Cuphea carthagenensis

Outros Nomes

Erva-de-sangue, guanxuma-vermelha


Família
Lythraceae

Características

  • Anual
  • Ereta
  • Herbácea
  • Ramificada
  • Seu caule é de cor avermelhada que tem uma pele rugosa granulada e áspera
  • Seu tamanho pode chegar de 20 a 50 cm
  • Folhas simples e opostas, do mesmo jeito do caule quando se fala em textura da pilosidade (pele), é áspera. Tem uma cor verde escura na parte de cima, e na parte de baixo mais clara. Elas podem chegar até 3,5 cm.
  • Flor lilás bem pequenas, dispostas em grupos.

Componentes Químicos

Óleos essenciais, taninos, pigmentos, mucilagem, flavonoides, saponinas.


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

DepurativaDiaforéticaDigestivaDiuréticaHipotensivaLaxante

Partes usadas

Toda a planta é usada para fins medicinais (popularmente falando, não cientificamente, pois tem registros de poucos testes científicos).


Como usar / Chás e receitas

  • Fazer um chá, tintura ou xarope, dependendo do que deseja que se cure, e pode ser usada como compressa ou por via oral.
  • Como fazer seu chá? Colocar água fervente em uma xícara colocando uma colher de chá da planta picada (a planta inteira, ou seja, você escolhe folhas e caules, etc. pica, mistura e coloca uma colher). Coar e beber para curar de doenças relacionadas à circulação, pressão e coração. Tomar até 3 vezes por dia.
  • Como fazer o xarope de sete sangrias? Colocar o chá descrito acima em uma panela, e adicionar meia xícara de açúcar, colocar no fogo mexer até dissolver e virar mel. Guardar em um pote de vidro escuro e poder ser tomado uma colher  até 3 vezes por dia.
  • Maceração e tintura, como fazer? A maceração se faz colocando duas xícaras médias de álcool de cereais e colocar dentro duas colheres da planta picada (partes de toda a planta) e deixar macerar do dia para a noite. No outro dia, coar e guardar numa garrafa e tomar uma colher pequena e rasa diluído em um copo de água até 3 vezes por dia.
  • Aplicar o chá molhado em algodão  para doenças de pele.
  • Ela também é um item de especiaria usada para compor o famoso chá 30 ervas para emagrecer, que junto com as outras ervas faz um efeito tremendo no organismo para queimar gordura em um curto espaço de tempo, e tudo de forma saudável.

Pra que serve? (indicações)

ansiedadearterioscleroseinsôniairritação na peleNervosismopalpitaçõespressão altatosse

Cuidados no uso e advertências

Não administrar sete sangrias para crianças.

 


Localização

É nativa da Amarica do Sul, em ambientes mais tropicais, se dá na natureza com facilidade.


Cultura e como plantar

Planta-se através da semente.


Mais sobre esse assunto

Não confundir com Cuphea racemosa e Cuphea calophylla, e Cuphea mesostemon que tem características parecidas.


Fotos:

sete sangrias cuphea

Sete-sangrias – Starr Environmental

 

Última atualização: 26 de julho - 2014 às 0:00
Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "s"

  • Sucuuba
  • Spirulina
  • Salsa
  • Sabugueirinho (Sabugueiro do Brasil)
  • Sapucainha (Óleo de Carpotroche brasiliensis)
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter