A Rosa-de-pau, ou Woodrose do Havaí é uma planta trepadeira cultivada há anos e usada como anti-inflamatório natural, possuindo também outros efeitos como afrodisíaco todas as partes da planta. É usada também como estimulante ou alteradora do sistema nervoso central ingerindo suas sementes que possuem atividade psicoativa semelhante ao ácido lisérgico, onde populações de origem indígenas no mundo afirmam que aumenta a inteligência, motivo que fez alguns países proibirem sua venda.


Nome científico
Argyreia nervosa (Burm. F.) Bojer

Outros Nomes

Trepadeira elefante, Rosa-de-pau do Hawai, Woodrose, Vidhara (Sânscrito), Vridha daraka, Baby Woodrose


Família
Convolvulaceae

Características

  • Perene
  • Trepadeira
  • Invasiva
  • Daninha
  • Folhas em forma de coração com pilosidade prata e com face abaxial branca. Ápice obtuso arredondado. As folhas são usadas topicamente.
  • Pecíolo 2 a 12 cm.
  • Brácteas obovadas ou orbiculares duras e persistentes
  • 2 sépalas exteriores
  • Flor: 5 a 8 cm cor-de-rosa com tom arroxeado. São comestíveis para nutrição e medicinal, em alguns países.
  • Corola campanulada
  • Ovário 2 locular
  • Fruto: Cápsula aveludada (parece avelã) que tem de 1 a 4 sementes que se torna castanho quando seca. Carnudo globoso 6 a 8 mm de diâmetro.
  • Sépalas alargadas vermelhas na parte interna
  • Raiz marrom cilíndrica até 1,5 cm de espessura com látex com atividade anti-inflamatória.
  • Sementes pretas 4 a 4,5 mm, 3 a 4 por flor.

Componentes Químicos

Ácido lisérgico Amida – LAA / LSA nas sementes e análogos do ácido lisérgico e principalmente substâncias anti-inflamatórias em toda a planta.

Ergina, Ergometrina, Hidroxietilamida do ácido lisérgico, Hidroxietilamida do ácido isolisérgico, Alymoclavina, Ergometrinina, Chanoclavina (alcaloides ergolina). Há outros também não muitos estudados como agroclavina, chanoclavina II, festuclavina, lisergenio, lisergol, isolisergol, setoclavina, isosetoclavina.

Há estudos de avaliação de estereoisômeros achados nas sementes em uma concentração de 0.325%.

Argyrosideos (glicosideos).

Ácidos hidroxicinâmicos, ácido cafeico, caffeato de etilo entre outros ácidos graxos e glicosideos. Também taninos, resinas de cor âmbar, esterol e saponinas.


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

AbortivaAfrodisíacaHipoglicêmica

Existem duas variedades conhecidas, às vezes classificadas como sinônimo. Argyreia nervosa var. nervosa e A. nervosa var. speciosa. A primeira tem atividade psicoativa e a segunda é usada na medicina Ayurvédica para outros fins medicinais, como anti-inflamatório, por exemplo. Já foi descrito algumas plantas usadas nesses rituais aqui como a Chacrona e o Cipó-mariri usadas em conjunto na Ayauasca. Algumas pessoas costumam ingerir as sementes da A. nervosa misturando com algum suco ácido como laranja e limão pois solubiliza o LSA, deixando de molho por algumas horas e bebendo o líquido coado.

Embora os efeitos psicoativos dessa planta só foram conhecidos recentemente na década de 1960 pela sociedade, outras espécies da família são usadas em rituais xamânicos há muito tempo, um exemplo é a Rivea corymbosa e a Ipomoea tricolor (da família da batata – Ipomoea batatas), que as suas sementes possuem quase a mesma composição química das sementes desta planta, mas com a concentração de psicoativos pequena.

É relatado uso em rituais espirituais na Ásia, México e Havaí há mais de 10.000 anos. Ao ingerir as sementes (os índios utilizam de 4 a 8 sementes), a pessoa tem alucinações com efeitos colaterais como náuseas e vômitos (os efeitos colaterais atingem mais pessoas do sexo feminino) seguido de alucinação e aumento da inteligência.

Na medicina Ayurveda da Índia são usadas também como anti-inflamatório natural.

Partes usadas

A raiz, a flor e a folha (a folha em 2% de goma de Acacia) foi relatado atividade afrodisíaca em camundongos pelo desempenho de acasalamento. Também fala-se que a planta tem potencial de produção de medicamento para estimular atividade sexual masculina.


Como usar / Chás e receitas

Folhas (mais tópica, porém usam em conjunto com outra planta como tônico), frutas e raízes. As sementes de Argyreia nervosa as pessoas usam como psicodélico. O pó da raiz é administrado com leite.

Curiosidade: As folhas frescas são usadas consumidas em jejum para durante 3 dias consecutivos a partir do quarto dia de menstruação agem como anticoncepcional por muito tempo, até anos (uso popular).


Pra que serve? (indicações)

Anti-reumáticaAnticonvulsionanteAntifertilidadeAntifúngicaAntiinflamatóriaartritecoceiraDiarreia É a doença que pode ser crônica, aguda, infecciosa e não infecciosa que pode causar um processo inflamatório na mucosa intestinal, também lesão nos enterócitos, a Saiba mais...disenteriaEczemaEstomacalferidasfurúnculogotaHepatoprotetoraImunomoduladoraInchaçomicoseNootrópicapsicoativasífilisVaríola

Gonorreia e úlcera crônica na medicina indígena.



    Cuidados no uso e advertências

    Controle: Há países que baniram a venda das sementes que apresentam ergina. Um exemplo é os EUA e o Reino Unido devido legislação de substâncias psicoativas. Alguns artigos sobre políticas de drogas a classifica como “alteradores do SNC – sistema nervoso central”.

    O consumo das sementes atacam o fígado causando lesões, assim como remédios anti-inflamatórios como Nimesulida, que deixam até a urina mais escura. Eleva as enzimas hepáticas TGO e TGP ou causa insuficiência hepática aguda.


    Localização

    Nativa do continente Indiano-asiático de altitude 300 m. Foi introduzida no Havaí e cultivada até hoje, inclusive em toda a Índia. Também introduzida na África e Caribe. Esta planta já era bastante cultivada no mundo, porém recentemente foi classificada como drogas que causam efeitos alucinógenos, onde é usada por populações de onde esta planta não é nativa, culminando em sua proibição em diversos países.

    Há estudos onde se relatou encontrar esta planta em matas daqui do Brasil, mas foi classificada introduzida como ruderal ou exótica.


    Cultura e como plantar

    É usada também como ornamental plantando em pergolas e caramanchões (estruturas construídas em parques), pois é uma planta bonita. Planta-se em solo rico em matéria orgânica. Clima tropical ou subtropical com pleno acesso à luz.

    Esta planta começa a crescer como um pequeno arbusto nos primeiros anos, depois algumas folhas caem e ela se alonga como uma videira. Se desenvolve em constante umidade, essas videiras, que pode morrer com a privação de água por muito tempo. Elas se desenvolvem bem na natureza em clima seco, mas perto de rio. Se for plantada em boas condições, em 18 meses aparecem as flores.


    Mais sobre esse assunto

    Várias pesquisas foram feitos com populações tribais da índia, que sem apoio da sociedade moderna desenvolveram ao longo de anos soluções para seus problemas de saúde.


    Fotos:

    fruto argyreia nervosa

    Fruto da Argyreia nervosa

    Planta Argyreia nervosa

    Planta Argyreia nervosa

    argyreia nervosa semente

    Sementes de Argyreia nervosa

    Fonte:

    A LITERATURE REVIEW ON ARGYREIA NERVOSA (BURM. F.) BOJER

    PECULIARIDADES DA FLÓRULA FANEROGÂMICA DA FAZENDA CAIMAN, SUB-REGIÃO DE AQUIDAUANA, PANTANAL

    Argyreia nervosa ( Trepadeira Elefante, Hawaiian Baby Woodrose ) – Informal

    Drogas pesadas em discussão no Primeiro Seminário sobre Psicodélicos do Rio de Janeiro


    Última atualização: 3 de janeiro - 2017 às 7:12


    Faça parte do nosso grupo no Facebook

    grupo facebook

    Lista das plantas medicinais de A a Z

    Continue lendo mais plantas com letra "r"

  • Rosa-de-pau
  • Romã
  • Rosa-de-Damasco
  • Rosa-mosqueta
  • Relógio (malva-de-espinho)
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter