Rinite alérgica – Febre do feno

Um fenômeno que acontece principalmente em pessoas que vivem no hemisfério norte, em regiões frias. A febre do feno ou rinite alérgica, quando pega uma pessoa que tem problemas com alergia e um sistema imunológico sensível, deixa ela bem debilitada. Acontece quando algumas proteínas presentes em paredes do grão do pólen podem ser liberadas após contato com uma superfície úmida, causando esse mal que assola pouco mais de um dízimo da população das regiões onde ela acontece.

flor-polen

Flor – Pólen – Foto: Cuellar http://www.flickr.com/photos/cuellar/416334822/

Não é só os grãos de pólen inalado que pode provocar uma reação alérgica no organismo, mas também as proteínas que se soltam delas e ficam suspensas no ar como pequeníssimas partículas.

O que pode determinar se uma pessoa vai ter um processo alérgico após inalar pólen que estão suspensos no ar pode ser a quantidade de pólen inalado, mas há evidências que mostram que inalação de muita quantidade de pólen como os de pinheiros e os do milho não apresentaram respostas do organismo, assim como os grãos de pólen grandes das plantas polinizadas por insetos. Também os polens transportados pelo vento, de gramíneas ou de fagáceas e asteráceas podem ser mais alérgicas. Vai depender de que tipo de planta elas vêm.

Note que quando você cheira uma flor, pode ter uma sequencia de espirros. Isso é por causa da sensibilidade da mucosa nasal.

Em qualquer estação do ano pode aparecer alergias nas pessoas, um tipo de planta para cada estação pode provocar, mas o que determina o aparecimento da alergia é a suscetibilidade de cada pessoa a diferentes tipos de plantas que ocorrem nestas estações.

Fique atento a lugares perto da sua casa onde há um cultivo de certas plantas que podem provocar a alergia ou se você mora em áreas perto de mata fechada.

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB e cia.
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 3 de junho - 2014 às 12:21

Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.