Queijo Gorgonzola faz bem – Coma e tenha vida longa

Os franceses são famosos e até invejados pela sua longevidade, causando confusão nas pessoas que sempre acharam que esse fato estava ligado ao sistema de saúde bom da França, ou até do seu consumo excessivo de vinho tinto (que também ajuda) e a combinação de todas essas coisas, mas alguns pesquisadores estudaram o mito e descobriram de onde vêm a longevidade dos Franceses: Vêm do Queijo.

Mais precisamente o Queijo Gorgonzola (como é conhecido esse queijo de manchas escuras (com fungos do bem) aqui no Brasil).

O Queijo Gorgonzola é de origem italiana e por causa da maturação com Penicillum roqueforti, esses queijos ficam com essas veias azuladas colocando-o na família dos queijos azuis

Como essa publicação médica diz, é um fenômeno chamado “paradoxo francês”. Os franceses comem muito alimento rico em gorduras saturadas mas mesmo assim têm uma vida longa e baixa taxa de infarto e doenças vasculares. Isso se deve ao consumo de queijo mofado, aquele queijo branco que possui manchas escuras como se fossem veias.

Para esse queijo ficar “forte”, depende do tempo que aquele complexo enzimático vai se formar dentro do queijo, quando está em uma boa temperatura para isto. Assim produz substâncias anti-inflamatórias.

Esses queijos podem ser favoráveis à saúde por causa da presença de metabólitos que são produzidos por esses fungos existente no queijo.

queijo-gorgonzola

Foto: Juliet Belasyse-Smith

Como esses queijos têm propriedades anti-inflamatórias, e vários problemas de saúde são causados por inflamação, desde doença cardíaca, até câncer, ele faz com que os Franceses que consomem muito desse queijo tenha uma vida mais longa, e aumente a expectativa de vida da população como um todo.

A pesquisa médica pode ser consultada aqui: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22981595

Depois dessa eu vou comer mais queijo.

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 24 de dezembro - 2012 às 23:32

Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

comments

Um comentário

  1. Paulo Carvalho novembro 14, 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.