8 benefícios medicinais do Azeite de Oliva para a saúde

De acordo com pesquisas, o azeite de oliva extra-virgem é bastante benéfico à saúde, mas atente para o mito da saturação (quando a pessoa usa ele para fritar determinados alimentos como carnes ou legumes e satura, junta gordura) que as pessoas dizem que faz mal. Fazem mal de fato, se acumular muita gordura seja vegetal ou animal e for consumido assim, mas ele pode ser benéfico mesmo em frituras mais cuidadosas fazendo do jeito certo. Mas atente bem, se você fritar uma carne com azeite deixando no fogo por muito tempo, vai juntar gordura e vai saturar e por causa do calor, ele vai ficar menos saudável e com menos benefícios, menos vitaminas pois foram queimadas pelo calor. Já quando a pessoa usa ele para fritar levemente cebola ou alho ou outros alimentos, apenas para dourar ou enriquecer o óleo com mais vitaminas, para assim acrescentar à comida, ele continua fazendo bem.

Azeite de oliva italiano

Azeite de oliva italiano – Foto Reprodução de fontes específicas

Veja abaixo os principais motivos que vai fazer você colocar 2 embalagens de azeite de oliva na sua feira mensal.

Azeite de oliva combate o câncer: Ele é mais preventor do que combatente, pois o bom é aproveitar ao longo dos anos os seus efeitos antioxidantes, consumindo da maneira certa, porque se você tiver por acaso algum tendência a ter câncer, o azeite pode ajudar a desfazer isso, porque seus componentes reduzem os danos causados às células, evitando que um câncer apareça, segundo estudo da Dinamarca.

Azeite de oliva previne artrite: Artrite é aquela doença que se dá mais em pessoas de mais idade, que piora em dias úmidos e frios, fazendo a pessoa sentir dor no local. Consumir o azeite, principalmente junto com saladas cruas, diminui o risco de aparecimento de artrite reumatoide, e ele serve também como massageador, se caso você já tenha a doença, pode combinar ele com óleos aromáticos para massagem, para aliviar as dores aplicando topicamente.

Azeite combate osteoporose e perda óssea: O azeite tem um polifenol chamado oleuropein que previne a osteoporose, aquela doença que deixa os osso da pessoa fraco à medida que envelhecemos, a ponto de um simples tropeço já quebrar o pé. Para evitar, pode consumir logo cedo o azeite para evitar isso no futuro.

Azeite de oliva combate o vírus HIV (AIDS) e defende o organismo contra: Pessoas que tem o vírus HIV ainda não estão sobre perigo mas já devem procurar o médico para  começar o tratamento antirretroviral. Para ajudar  a inibir a proliferação do vírus pelo corpo, e até ajudar com os antirretrovirais, pode consumir o azeite porque de acordo com estudos, ele tem um ácido chamado, ácido maslínico que pode reduzir a propagação do vírus evitando que a pessoa com HIV desenvolva a AIDS, deixando ela mais saudável por mais tempo, ajudando com os remédios. (Hoje em dia, com a toma dos remédios regularmente, uma pessoa com HIV pode viver muito e bem, e com azeite ajuda).

Azeite reduz o risco de aparecimento de doenças cardíacas: De acordo com o estudo Britânico divulgado pela BBC, o azeite reduz risco de aparecimento de doenças cardíacas e faz a pessoa viver mais. Principalmente se consumida junto com salada, o azeite virgem cru.

Azeite ameniza perda de memória: Para quem teme o Alzheimer, a doença que afeta o cérebro, mais em pessoas de idade, consumir o azeite pode ajudar a pessoa a não ter isso quando envelhece. Isso é muito ruim, chegando a deixar a pessoa com prejuízos de relacionamentos com outras pessoas, pois ela afeta diretamente o cérebro.

Azeite ameniza dor: Desde os tempos antigos o azeite era usado para cuidar de furúnculos, feridas abertas, contusões, dor lombar. Pode usar topicamente o azeite para aproveitar os benefícios do oleocanthal, e como já falamos, pode misturar com óleos especiais para isso vendidos em casas de massagem e de aromaterapia, para aplicar topicamente direto na área onde dói.

Azeite de oliva previne de diabetes:  Excesso de peso, sedentarismo, falta de atividades físicas, alto teor de gorduras no sangue, dieta rica em gordura, tudo isso junto faz com que apareça no organismo a diabetes. Como o azeite diminui o LDL, que é o colesterol ruim, no sangue, diminui o risco de aparecimento da diabetes tipo 2, e ele levemente reduz o açúcar no sangue também.

Para quem conhece o evangelho, eu acho que por isso que ele é o símbolo do Espírito Santo, tantos benefícios assim.

Lembre-se das dicas de como comprar o azeite ideal, para você não se meter em cilada na vida. Tem que ser o extra-virgem para você usufruir de todos os benefícios do azeite.

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 4 de junho - 2014 às 2:44

Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.