Planta que tem influências na medicina alternativa indígena, sendo usada para fazer um chá ou com suas folhas ou com suas flores para tratar de doenças digestivas, entre outras. Por influências de estrangeiros das Guianas, e de indígenas que estão por esse local, é usada também a planta toda para fazer maceração para prisão de ventre, apesar de não se ter certeza de que pode usar seguramente, além das folhas e flores. Alem de uso medicinal, é usada para embelezar jardins por causa de sua coloração arroxeada e de seu uma planta que não dá trabalho de cuidar, e ser herbácea.


Nome científico
Alternanthera brasiliana (Gomphrena b.)

Outros Nomes

Perpétua-do-mato, Carrapichinho, Carrapichinho-do-mato, Sempre-viva, Caaponga, Quebra-panela, Cabeça-branca, Acônito-do-mato, Nateira, Terramicina, Infalível, Doril.


Família
Amaranthaceae

Características

  • Planta herbácea
  • Perene
  • Sua base é lenhosa, apesar de ser herbácea
  • Ramos semi-eretos
  • Pode chegar até 120 cm de altura
  • Folhas simples, roxas escuro,  medindo até 8 cm de comprimento.
  • Flores pequeninas, reunidas em glomérulos na parte de cima dos ramos.

Benefícios no organismo e propriedades medicinais

AdstringenteAnticâncerAntidiarreicaBéquicaDepurativaDigestivaDiuréticaHepática

Depois de um estudo que se extraiu seu extrato, foi feito testes e descoberto que ela tem atividades antitumorais, sendo provada sua ação citotóxica.

Partes usadas

Há registros, principalmente de indígenas e estrangeiros da Guiana que usam a planta toda, mas na literatura científica foi só encontrada informações sobre o uso de flores e folhas.


Como usar / Chás e receitas

Muito usada como planta ornamental, mas também usada na medicina caseira, sem problemas de efeitos colaterais, e para isso escolher as de folhas roxas.

Usa-se o chá feito com as flores para inflamações, na garganta e faringe, agindo como béquica. Colocar uma flor seca em uma xícara de água fervente das grandes, tampar, deixar de molho por 10 minutos, coar e beber 1 xícara por dia. Pode fazer também assim, colocar 1 colher das flores secas em 1 litro de água, e tomar até 4 xícaras por dia, 2 horas antes das refeições principais, (menos na da manhã pois não se pode beber em jejum para não irritar o estômago ou intestino)

Já suas folhas são usadas para purificar o sangue por causa de suas ações diuréticas e depurativas, e também agir no intestino curando intoxicações alimentares. Age também no fígado e bexiga.

Pode fazer a maceração da planta toda, segundo tradição indígena, (deixar de molho em água, tampada do dia para o outro) de partes da planta para tomar para ação contra diarreia.


Pra que serve? (indicações)

Prisão de ventreprostatitetumor

Localização

  • Nativa de quase todo o Brasil
  • Se dá mais em regiões litorâneas
  • Comum na Amazônia

Mais sobre esse assunto

Existe três espécies, duas que costumam ter folhas roxas e outra que costuma ter folhas verdes. Aliás, as duas costumam ter folhas verdes, mas fica mais arroxeada a espécie brasiliana. Existe a tenella também. A dentata tem folhas dentadas.

As mais usadas e encontradas são a Alternanthera brasiliana, que é que se dá em quase todo o território brasileiro e a tenella, que é encontrada em lavouras e considerada planta daninha e tem menor porte.


Fotos:

sempre viva

Planta perpétua-do-Brasil – Foto: Starr Environmental – https://www.flickr.com/photos/starr-environmental/9186929389/

Última atualização: 8 de dezembro - 2014 às 22:29
Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "p"

  • Pau-pereira
  • Piteira (agave)
  • Pinha (fruta do conde)
  • Pau sangue (de Dragão)
  • Picão preto
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter