É usada para fins místicos na América, até seu nome popular Manacá foi batizada pelos índios Tupis, pois numa tribo havia uma bela índia de nome “Manacan”, em comparação as suas lindas flores. Ainda hoje nas tribos indígenas da Ayahuasca é considerada uma planta sagrada e usada em rituais indígenas em cerimônias de iniciação, pois ela tem ação psicoativa.


Nome científico
Brunfelsia uniflora (Pohl) D. Don

Outros Nomes

Manacá, Caá-gambá, Cangambá, Geretataca, Geretaca, Jasmim-do-Paraguai, Jeretataca, Manacá-cheiroso, Manacá-de-cheiro, Mercuri, Mercúrio-vegetal, Romeu-e-Julieta


Família
Solanaceae (Angiospermas)

Características

  • Arbustivo
  • Perene
  • Ereta
  • Ramificada
  • Lenhosa
  • Cresce de 2 a 3 metros de altura

Folha: Simples, Cartáceas, Glabras (ou quase) que medem de 4 a 7 cm de comprimento

Flores: Grandes, tubulosas, Solitárias, bem perfumadas com cor branca, porém ficam roxa após fecundação

Fruto: Baga oblonga globosa.

As flores podem ser em cachos ou solitárias. Algumas literaturas indicam que as flores violetas se tornam brancas quando se abrem, mas essa informação é quando se fala do Gênero Brunfelsia. Outras, a maioria indicam que ela muda de cor após fecundação.

Em análises anatômicas da planta foram encontrados tricomas glandulares, que possuem células em sua base que produzem substâncias químicas e é uma característica de plantas que produzem resistência a ataques de herbívoros para afastá-los. De acordo com características ambientais, elas podem apresentar ou não uma densidade maior de tricomas, alterando assim a quantidade de substâncias fitoquímicas produzidas. Aproveita-se para estudar para fins farmacológicos.

 


Componentes Químicos

Manaceína, Manacina, Escopoletina (anti-inflamatória, antiasmática), Esculetina. Alcaloides, mas em outras espécies de Brunfelsia também tem flavonoides


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

AbortivaAnestésicaAntissépticaDiaforéticaDiuréticaEmenagogaEméticahipertensivaHipoglicêmicaHipotensivaPurgativa

Já foi feito estudos com extratos foliares da Brunfelsia, aplicando sobre alguns tipos de bactérias, porém sem sucesso. Não houve inibição do crescimento.

Seu uso tradicional é mais feito por indígenas. As raízes são mais fortes e consideradas abortivas, purgativas. O chá pode causar tonturas, delírio, confusão mental,tremores, insônia principalmente em altas doses. As raízes são anti-inflamatórias.

Partes usadas

Folhas


Como usar / Chás e receitas

Decocção (chá) das folhas para uso externo.

É usada na indústria de cosméticos para perfumaria.


Pra que serve? (indicações)

Anti-asmáticaAnti-câncerAnti-reumáticaAnti-térmicaAntiblenorrágicaAntiinflamatóriaartriteEscrófulaEspasmolíticaFebre Aqui denominada febre de origem obscura, ou desconhecida acontece quando não se sabe a causa. Quando é medida no paciente com quantos graus ele está e acusa a partir d Saiba mais...Febre-amarelaHipotérmicaLaxativaNarcóticaPicada de cobrareumatismosífilis

Localização

Nativa de Sul a Sudeste do Brasil. Nativa da Bolívia, Equador, Peru, Venezuela, Colômbia.

Algumas espécies de Brunfelsia já foram coletadas em florestas de araucária (não mata atlântica), brejos de altitude e floresta ombrófila em pernambuco. Foram também encontradas em cerrado e caatinga alguns exemplares, indicando grande capacidade de adaptação. No Centro de Biotecnologia da UFPB tem um indivíduo para estudos científicos, e como o curso é novo, nos primeiros TCC’s já há um que aborda essa questão. Outros indivíduos foram encontrados em Mata atlântica na encosta da bacia da cidade de São Vicente em São Paulo na Orla da praia.


Cultura e como plantar

Plantar por estacas: Estacas caulinares coletadas dos ramos semi-lenhosos (novos) vindas de plantas adultas, com 10 cm de comprimento cada, duas folhas no ápice e base cortada em bisel. Plantar e as estacas enraizam-se. As estacas devem ser jovens e coletadas na primavera a verão. Caso a planta dê mudas ao redor, pode também ser aproveitada para a propagação.

Planta também cultivada como ornamental e para isso planta-se em jardim ao sol ou meia sombra, perfuma e embeleza o ambientes.

Para plantar recomenda-se por sementes, mas também pode por técnica de estacas.


Mais sobre esse assunto

O Gênero Brunfelsia tem 40 espécies tropicais americanas.

É a flor símbolo da cidade de Curitiba segundo lei municipal dessa cidade do Paraná (Lei nº 6.324 de 12 de julho de 1982, devido a sua característica marcante como ornamental naquela cidade.

No Brasil também ocorre espécies desse gênero como a Brunfelsia pauciflora (Cham. & Schltdl.) Benth. que são bem conhecidas como medicinais, com flores mais fechadas e folhas mais brilhosas e ocorre no sudeste em fragmentos de mata atlântica.

Esta pode ser uma planta muito visada pela indústria farmacêutica para produção de medicamentos, vacinas, etc. É sabido que há vários tipos de plantas na natureza que ainda não foram descobertas, poucas foram testadas para obtenção de moléculas complexas, bioativas ou para produção de biocombustíveis.

Tem importância econômica por ser ornamental, medicinal e nutricional.

Sinônimos: Franciscea uniflora Pohl


Fotos:

brunfelsia1

Flores de Brunfelsia – Foto Yandi – Flickr

brunfelsia2

Hábito arbustivo de Brunfelsia – Foto: Carl E Lewis

brunfelsia3

Close nas fotos de Brunfelsia – Foto: Kaiyanwong223

Fonte:

Caracterização anatômica, química e antibacteriana de folhas de Brunfelsia uniflora (manacá) presentes na Mata Atlântica – Martins

Propagação vegetativa de manacá (Brunfelsia uniflora (Pohl.) D. Don) – Althaus-Ottmann

Diversidade taxonômica e distribuição geográfica das solanáceas que ocorrem no Sudeste Brasileiro (Acnistus, Athenaea, Aureliana, Brunfelsia e Cyphomandra) – Carvalho


Última atualização: 9 de julho - 2016 às 23:46
Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "m"

  • Mulungu da Caatinga - Erythrina velutina
  • Mulungu (Canivete) - Erythrina dominguezii
  • Manga
  • Manacá (Brunfelsia uniflora)
  • Milona - Cissampelos sympodialis
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter