A origem do nome lavanda já diz tudo sobre a planta. Seu nome vem de origem do latim, uma variação da palavra lavare que quer dizer “lavar”. Na antiguidade era usada pelos romanos para perfumar a água do banho.


Nome científico
Lavandula angustifolia

Outros Nomes

Alfazema


Características

  • É uma planta que não cresce muito (até 1 metro) mas é muito valorizada pelas suas flores bonitas e por terem um grande efeito sedativo e serem cheirosas. Na fotografia, os campos de lavanda são muito valorizados para se registrar uma foto, pois eles são bem roxos visto de longe, fica bem bonito.
  • O seu leve cheiro tem um poder calmante para o sistema nervoso que quando pulverizado, acalma o ambiente. Assim conhecemos a lavanda como uma planta de aroma terapêutico.
  • Além de limpar o ambiente com suas propriedades que atuam para eliminar as bactérias, ela ainda deixa um perfume agradável ao ambiente e age no nosso organismo.
  • O óleo essencial é extraído de suas flores que depois disso pode ser usado em vários produtos, desde perfumes até aplicação na pele dolorida, bem como fazer purificadores de ambiente.
  • A planta pode crescer até 1 metro e tem característica arbustiva, podendo se espalhar também por 1 metro.
  • É fácil de reconhecer uma planta lavanda. Ela tem folhas sempre verdes e parece um arbusto, mas é tomada pela cor roxa por causa das flores. De longe dá para notar as bolas roxas (elas, as plantas, ficam com aparência redonda de longe).

Componentes Químicos

Na lavanda podemos encontrar triterpenos, flavonoides, taninos, fenol, cumarinas, eucaliptol, e óleos voláteis como o cineol e acetato de linalil.


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

AnalgésicaAntidepressivaAntiespasmódicaBactericidaCalmanteCarminativaColagogaRelaxanteVasodilatadora

Tonifica o sistema nervoso, relaxa, anti-espasmódica, estimula a circulação sanguínea, alivia dor, é analgésica, bactericida, anti-séptica, antidepressiva, Colagoga (estimula fluxo da bile) e carminativa (reduz flatulência e qualquer desconforto gástrico).

Partes usadas

 

Somente as flores e seu óleo essencial.


Como usar / Chás e receitas

Com as flores dá pra se extrair o óleo essencial que é muito usado na indústria de perfumes e produtos de limpeza e higiene.

Chá de lavanda

Serve para quando a pessoa está cansada e sem ânimo ou com estafa. Ela alivia tensão e também cura dor de cabeça por causa de suas propriedades analgésicas, e ajuda contra insônia e má digestão.
(Aprenda a fazer infusão aqui) Faça uma infusão com as flores da lavanda e tome três vezes por dia.

Spray anti-bacteriano caseiro

É um spray que pode ser utilizado em casa para purificar o ambiente deixando-o cheiroso ou matar as bactérias dos lugares onde cachorros e gatos dormem, lugares sujos onde foi posto as latas de lixo ou chão recém limpo.

– Compre ou consiga o óleo essencial de lavanda e numa xícara de água morna coloque 30 gotas do óleo.

– Misture e coloque em um spray vazio (pode ser encontrado em casas de limpeza ou reaproveitado de algum produto não-químico).

Pode ser usado na casa para pulverizar o ambiente e se manter livre de bactérias.

Remédio para piolhos e lêndeas

Você pode pegar o óleo essencial de lavanda e molhar um pente fino para passar no cabelo assim que sair do banho e deixar agir, ou pode diluir o óleo essencial em 1 litro de água para enxaguar com ela depois de lavar o cabelo.



Localização

Ela é nativa de regiões do Mediterrâneo ocidental, de montanhas perto da Espanha. O local onde mais se usa a lavanda é na França, muito usada na famosa indústria de perfume desse país.


Cultura e como plantar

  • A lavanda é uma planta que pode ser semeada em qualquer estação do ano.
  • A germinação dura de 30 a 90 dias.
  • Como ela é uma planta originária de regiões secas do Mediterrâneo Europeu, plante ela nas seguintes condições:
  • Prefira plantar em sol direto que seja fértil mas não com muita compostagem (use compostagem para enriquecer o solo do plantio).
  • Não deixe o solo úmido por muito tempo. Drene o solo para a água passar com facilidade.
  • Plantar a lavanda a partir de sementes é difícil. Prefira plantar pela propagação de ramos.
  • Adicione cascalho na terra para melhorar a drenagem e certifique-se de que a terra não fique encharcada.
  • Pode ser plantada em solos levemente ácidos.
  • Deixe um espaço entre uma planta e outra para facilitar a circulação de ar. Deixe cerca de 30 a 90 cm entre um e outra.
  • Considere remover aquelas flores murchas para promover a floração contínua.
  • Prefira colher as flores em dias de sol moderado, pela manhã.

Fotos:

campo-de-levanda

Campo de lavanda – Can Stock Photo Inc. / Nneirda

lavanda-oleo-essencial

Lavanda – Óleo essencial – Can Stock Photo Inc. / Dusan

lavanda-close-campo

Lavanda close – Can Stock Photo Inc. / ESchweitzer

Última atualização: 30 de maio - 2014 às 20:56
Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "l"

  • Língua-de-tucano
  • Laranja amarga
  • Laranja (frutas cítricas)
  • Lúcia Lima
  • Levístico
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter