GENGIBRE – informações, benefícios de uso, suco, culinária etc.

Livro Guia de Plantas Medicinais

Nome vulgar – mais conhecido como: Gengibre fresco

Nome científico (botânico): Zingiber officinale

gengibre

Informações

As partes utilizadas da planta são as rizomas, estas frescas.

Apesar de muitos pensarem que o gengibre é uma raiz, ele é um caule que fica debaixo da terra, por isso é chamado de rizoma (mas as rizomas também podem ser aéreas).

É usado há mais de 3 mil anos. Antigamente era usado primeiro na China e na Índia.

Há registro sobre Confúcio e seu costume de consumir semanalmente o Gengibre e na literatura Sânscrita da Índia ele é descrito como um tempero picante (prova de que eles já usavam lá). Nesses países usa-se esta especiarias frescas mas também usa-se ela desidratada só quando for misturar com outros temperos.

Usa-se o ele inteiro, fatiado ou triturado como suco.

Usando o gengibre inteiro e fresco, percebe-se que ele tem uma casca marrom. A parte interna é amarela, mas aqui no Brasil costumamos usar ele precocemente e ela pode ser verde ou branca, dependendo da espécie.

Usa-se ele fatiado para colocar em comidas quando está no preparo, ou seja, colocando as fatias dentro da panela e quando passar o gosto dele para a comida, ele pode ser retirado.

O suco não é usado para beber diretamente, mas para misturar em molhos. Na verdade é o sumo da rizoma que é aproveitado, ralado o gengibre desce o sumo que é utilizado em molhos.

Uso na culinária

Dá para usar o gengibre de diversas formas. Como lá na Ásia é o berço da planta, eles tem mais formas de usá-la, então podemos adaptar seu uso aqui para o Brasil. Lá ele é mais usado em pratos salgados.

No Japão: É mais usado em peixes para esconder o sabor desagradável.

O sumo do dele é usado em molhos e ele ralado em saladas e frituras.

Na Coreia: Adicionado fresco picado nos pratos diretamente.

Na China: Ralado, fatiado, cortado em tirinhas finas, picado e triturado para cozinhar carnes. É utilizado em carnes pois, assim como no peixe ele neutraliza o cheiro de insosso delas. Lá eles também usam como acrescentador de sabor aos pratos, deixando um pedaço dentro dele e quando ele tiver pronto retiram para aproveitar o sabor do gengibre e passá-lo ao prato.

Também é usado em molhos, sopas, e misturados em saladas que levam repolhos e verduras diversas.

Na Índia:  É usado misturado em alho e cebola para depois colocar na comida (legumes, carne, peixes etc.)

No sul do continente asiático eles usam o gengibre com alho, açafrão-da-terra e diversos tipos de pimentas.

Também é misturado com suco de limão para molho em legumes.

Para fazer um suco de gengibre é fácil, só é colocar um pouquinho de água dentro do liquidificador, ralar o gengibre (no ralador mais fino que tiver) e espremer o suco em um coador.

Plantio e colheita

Depois de plantar, quando a planta bater 3 a 4 meses ela está no ponto para ser colhida. Colha as rizomas, lave, deixe um dia para secar e guarde, assim poderá usar ele fresco ou colocar à venda.

Para colocar ele em conserva, descasque e corte em pedaços deixando de molho na salmoura e depois deixe de molho na água. Ferva depois na água e deixe em calda. Pode também deixar seco e coberto de açúcar.

gengibre

Credits image: Maja Dumat – flickr.com/photos/blumenbiene

Sabor do gengibre fresco

Podemos sentir o gosto do gengibre como de uma especiaria de gosto cítrico com um cheiro forte. O ardor dele não é igual o da pimenta, é mais natural. Se quiser um sabor mais suave colha eles novos, mas se quiser eles mais ardosos e picantes, colha mais tarde, quando estão com mais nervuras.

Compra e armazenamento

Na hora de comprar, escolhas as rizomas de gengibre que são pesadas, duras e que não tenha rugas, essas estão no auge de sua vida e são as que devem ser escolhidas.

Para guardar no armário pode usar por uns 7 dias, agora se você for guardar na geladeira, ela aguenta ainda 12 dias sem perder gosto ou frescor.

No supermercado você pode achar ele fatiado, conservado e congelado (sumo do gengibre congelado).

Usado em conserva dura seis meses.

Em calda e cristalizado duram dois anos.

Combine gengibre com: coco, suco-de-limão-taiti, açafrão-da-terra, manjericão, diversos tipos de pimentas, coentro, galanga, alho, molho de peixe, limão-kaffir, capim-limão (capim-santo), hortelã, cebolinha e tamarindo.

O Gengibre pode ser usado:

Fresco (fatiado):

Quando compramos ou colhemos o gengibre muito novo e fresco, o gosto dele pode não ser muito picante, só vai ter o sabor de gengibre. Quando assim, verdes eles podem ser usados sem tirar a casca. Para identificar é só prestar atenção ao tom muito claro de sua casca, ela está úmida quando frescos. A polpa também pode não ser esverdeada e sim branca e mais crocante do que a rizoma mais madura.

Conservado

Pedaços de gengibre podem ser copnservados em vinagre do tipo doce. Por causa da conserva você vai notar que o ele ficará com a tonalidade rosa.

Livro Guia de Plantas Medicinais

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB e cia.
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 21 de março - 2014 às 3:09

Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.