Floresta ombrófila densa

Livro Guia de Plantas Medicinais

O termo foi criado por Ellenberg e Mueller-Dombois em 1967 onde nesse sistema não é mais usado a palavra “pluvial” e sim “ombrófila” (ombrós = chuva; filos = amigo) de origem grega. Pode ser dividida em Densa e Aberta, e também é conhecida como Floresta Tropical Pluvial. A vegetação ombrófila densa e aberta ocorre no Brasil na Amazônia e em áreas costeiras na Mata Atlântica.

Pode-se encontrar plantas fanerófitos (macro e mesofanerófitos), lianas (trepadeiras que são lenhosas) e epífitas. Na densa a temperatura está entre 25 graus com alta precipitação e sem período seco.

Noroeste do Mato Grosso a estação seca é de 3 a 5 meses por ano, na divisa do Amazonas o período seco é de 2 meses. Já na bacia sedimentar dos Parecis 3 meses de período seco.

noroeste-de-mato-grosso

Noroeste do Mato Grosso – Atentar a linha de divisa dos estados

divisa-mt-am

A linha de divisa do Amazônas – Mato Grosso

bacia-sedimentar-mt-acre-riobranco

Observe o Parecis à direita em vermelho e para se situar, o Rio Branco, capital do Acre à esquerda

Nessa localidade podemos destacar os rios Juruena, Arinos e Sangue que por causa deles tem água subterrânea nos arredores que ajudam a vegetação de período seco a se manter igual a das localidades que não tem período seco. Calhas ao redor dos rios também aumentam a umidade do local. Assim se mantém ao longo desse entorno a mesma característica de floresta ombrófila, mesmo em climas diferentes.

rio-xinguu

Rio Xingu

rio-xingu

Rio Xingu em satélite

Na bacia do alto Rio Xingu também não se tem estresse hídrico pois as raízes das árvores das florestas da Amazônia penetram e absorvem águas subterrâneas. Isso ocorre mais em florestas com períodos de secas frequentes.

A floresta ombrófila densa é dividida em:

  • Formação aluvial: Formação nem de depressões nem de altitude que se formam em solos ariglosos e geralmente perto de rios.
  • Formação das terras baixas: Em terraços, planícies e depressões que nessa região não é suscetível a inundações.
  • Formação sub-montana: Na base dos pequenos montes ou serras.
  • Formação montana: Ao longo das montanhas e serras, nem no topo nem nas encostas.
  • Formação alto-montana: Ao longo ou no topo das montanhas e serras, porém ocorre a partir dos limites das de formação de Montana. Pode ocorrer ao longo ou no alto.

Exemplos:

Magnoliaceae como Talauma spp. de origem boreal.

talauma-ovata

Talauma ovata

Vochysiaceae tem a Vochysia spp. como exemplo, e a familia de origem afro-amazonica

vochysia-thyrsoidea

Vochysia thyrsoidea

vochysia-acuminata

Vochysia acuminata

Concluindo, a floresta ombrófila densa é formada pela vegetação de 25 graus da Amazônia com alta precipitação, porém pode ocorrer em baixas precipitações devido a adaptação das plantas desenvolvendo raízes mais aprofundadas, por exemplo, para captar água das margens dos rios.

Livro Guia de Plantas Medicinais

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB e cia.
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 14 de abril - 2017 às 19:43

Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.