Planta medicinal e aromática com importância econômica que ocorre no Brasil, porém considerada daninha ocorrendo também em terrenos baldios, margem de estradas e matas. Apesar disso, é cultivada para uso como fins medicinais por causa de seus efeitos.


Nome científico
Varronia curassavica Jacq.

Outros Nomes

Maria-preta, Maria-milagrosa, Catinga-de-barão, Baleeira


Família
Boraginaceae

Características

Arbusto
1,5 a 2,5 metros de altura
Perene
Folhas vigorosas sem brilho, superfície crespa
Folha: Inteira, margem do limbro serreada
Flor: Pequena branca
Inflorescência escorpioide
Com odor (parte aérea)
Frutos vermelhos

Propagada por sementes

Floresce em março e outubro frutifica em novembro


Componentes Químicos

A Varronia curassavica é rica em matebólitos secundários que são substancias produzidas pelas plantas, compostos bioativos. Exercem ação sobre o tecido por exemplo. Nas plantas essas substâncias protegem contra vírus, bactérias, fungos, enfim não só doenças, mas também estresses ambientais como radiação ultra-violeta.

Já foi desenvolvida uma droga anti-inflamatória para uso tópico com investimento de 5 milhões de dólares com o extrato dessa planta pelo laboratório Aché, que foi aprovado pela ANVISA desde 2004.

Alfa-pineno, trans-cariofileno, allo-aromadendreno, alfa-humuleno, flavonoides, fenois, oleos essenciais.


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

AnalgésicaAnti-inflamatóriaAntibióticaCicatrizante

Poucos efeitos colaterais

Partes usadas

Folhas e galhos


Como usar / Chás e receitas

Extrato hidroalcoólico como tintura, decocção (raspa e corta as partes duras e coloca na panela ate ferver) ou infusão (deixa a água ferver e desliga o fogo colocando as partes da planta na água e deixando descansar).


Pra que serve? (indicações)

Anti-alérgicaAnti-fúngicaAnti-microbianaartritecontusõesdorDor muscularreumatismotendinite

Localização

Há estudos genéticos sobre essa planta, mas pouco se sabe como se dá a distribuição dela no Brasil, porém há achados de ocorrência em vários estados como Rio Grande do Sul ao Espírito Santo. Essa fotografia foi tirada na Universidade Federal da Paraiba de um indivíduo na mata do Cbiotec – Centro de Biotecnologia da UFPB que beira uma pista. Floresta Atlâncica, encontrada ao longo do litoral do Brasil. É nativa do Rio Grando do sul


Mais sobre esse assunto

Sinônimos: Cordia verbenacea, C. salicina, C. curassavica, C. cylindristachia, Lithocardium fresenii, L. salicinum, L. verbaceum.

Outras informações – Universidade Federal do Espírito Santo


Fotos:

varronia-parte-aerea

Parte aérea de Varronia curassavica – Foto: Matheus Estrela UFPB

varronia inflorescências

Inflorescência de Varronia sp. – Foto: Matheus Estrela UFPB

Última atualização: 2 de abril - 2017 às 8:34


Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "e"

  • Erva-baleeira - Varronia curassavica
  • Estévia (Stevia rebaudiana)
  • Erva Doce
  • Erva tostão
  • Erva mate (Ilex paraguariensis)
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter