Fitoterápicos para emagrecer funcionam, mas uso indiscriminado provoca danos (Canela e Sene)

Livro Guia de Plantas Medicinais

As plantas medicinais são conhecidas pela população por promover a cura de alguma doença ou sintoma físico sem precisar de usar medicamentos. A indústria farmacêutica não recomenda e até há teorias da conspiração alegando que a mesma desestimula o uso de plantas medicinas por ver suas vendas diminuírem por causa da população que usa as plantas e não recorrem aos remédios. Acontece que as plantas são também medicamentos e tem ação tóxica e os medicamentos e fitoterápicos prontos são a extração na dose certa daqueles produtos.

Como algumas plantas tem só metabolismo primário para se desenvolver na natureza construindo suas proteínas, celulose, lignina, as plantas medicinais produzem também o metabolismo secundário que é a produção de substâncias para se defender de predadores ou da radiação solar, por exemplo e esses compostos são usados por nós pois eventualmente alguns tem ação no organismo sendo um composto bioativo. Algumas tem uma mistura muito grande ou grande capacidade tóxica de uma só substância e podem nos causar danos, por isso é necessário o estudo das mesmas para não intoxicarmos nosso organismo com a dosagem errada.

Além disso, algumas plantas podem também apresentar cristais de cálcio em suas células que quando ingeridas provocam uma sensação de ardor no local por causa da irritação que eles causam, principalmente se for mucosa e se engolidas, pode trazer sérios danos à saúde, por isso a não recomendação de uso de plantas medicinas encontradas em locais onde você não sabe identificar.

O cuidado que se deve ter ao consumir esses produtos é saber sua procedência visto que qualquer pessoa pode fazer um extrato em casa de uma mistura de ervas e colocar em uma cápsula de diluição entérica para vender pela internet, porém se a dose for demais, pode nos causar danos. Alguns produtos vem com o selo da ANVISA mostrando que foram devidamente testadas em organismos de mamíferos e sua dosagem tem comprovação de ação. A dosagem dos fitoterápicos é essencial de saber pois alguns quando tomamos na quantidade certa possuem um efeito bom contra aquela doença, quando tomamos demais pode intoxicar ou até causar efeito contrário, por isso é bom estarmos atentos.

Uma ação conhecida de uma especiaria para agir no emagrecimento é a da canela pois quando consumida ela faz com que o processo de digestão junto com outros medicamentos se torne um processo mais pesado com mais gasto de energia. Outro fator é o gosto e os óleos voláteis da canela que faz com que não comamos mais doces além de promover saciedade. Seu nome científico é Cinnamomum que é usado da casca dessas árvores feito em pó.

canela-cinnamomum

Folhas de Canela. Só colher uma, amassar e cheirar já se sente o cheiro de canela…

casca-de-canela

Mas é nas cascas que estão a maiorias dos óleos voláteis

Outro erro se dá no uso de laxantes para emagrecer. O Sene (por exemplo, Senna alexandrina ou outras espécies do gênero Senna) são usados para emagrecer por causa de sua ação laxante ou purgante, fruto das saponinas encontradas nas plantas. As pessoas usam frequentemente e isso pode provocar danos ao intestino, irritação ou doenças. O ideal é procurar fitoterápicos que são regulados pela ANVISA e que tenha ação comprovada pois vem na dosagem ideal e já foram testados.

senna

Senna alexandrina

Livro Guia de Plantas Medicinais

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB e cia.
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 13 de abril - 2017 às 1:47

Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.