Tribos indígenas da Amazônia acreditam que as doenças e a morte vêm do mundo espiritual. Esta planta tem poder inibidor de uma enzima digestiva que inativa o DMT da Chacrona – Psychotria viridis. Quando Banisteriopsis caapi é usada em conjunto com esta planta alucinógena, o componente é absorvido e dá a sensação de que a pessoa que usou esteja em contato com o mundo espiritual. Os índios as usam porque acreditam que conseguem mais força para as doenças desse jeito. Esta outra planta trata-se da Psycotria viridis Ruiz & Pav. conhecida como a Chacrona. Faz-se o extrato com os ramos da Banisteriopsis caapi e mistura-se com o extrato das folhas da Psycotria viridis. O resultado é uma bebida conhecida como Yagê ou Ayahuasca, pelos indígenas de regiões amazônicas que também são usadas em rituais quando os Xamãs das tribos entram em transe em busca de proteção da tribo. Recentemente, havendo até matérias em programas de TV sobre isso, o “Santo Daime” e outras organizações como “União vegetal”, que são seitas místicas, tornaram-se conhecidas no Brasil onde as pessoas se reúnem para, de forma religiosa, ingerirem a bebida. Há ainda outras espécies de plantas que podem ainda ser adicionadas na bebida para aumentar os efeitos alucinógenos ou obter efeitos diferente com outras espécies do gênero Psychotria spp.


Nome científico
Banisteriopsis caapi (Spruce ex Griseb). C.V. Morton

Outros Nomes

Iagê, Jagube, Mão-de-onça, Tiwaco-mariri, Cipó, Caapi


Família
Malpighiaceae

Características

  • Trepadeira
  • Lenhosa
  • Robusta
  • Suas hastes são sinuosas e firmes grosseiras
  • Filotaxia Oposta.
  • Folhas simples, pecioladas, glabras, coriáceas, até 12 cm de comprimento
  • Flores: Cor de rosa, amarelas quando novas.
  • Inflorescência: Paniculada axilar.
  • Frutos: Sâmara, bialados (com duas asas para ocorrer a dispersão pelo vento) de cor paleácea.

Componentes Químicos

N,N-dimetiltriptamina, harmina, alcaloides beta-carboliínicos, harmalina, tetrahidroharmina. Inibe mono-amino-oxidase (MAO), fazendo aumentar o efeito da chacrona


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

Estimulante

Contem alcaloides do tipo harmano, derivados beta-carbonílicos da harmina tetrahidroharmina (THH) e harmalina que fazem com que o DMT (composto encontrado na chacrona Psychotria viridis) entre em atividade, pois causa efeito inibidor da MAO, enzima digestiva que inibe a DMT da Psychotria viridis.

Basicamente as folhas de P. viridis tem um alcaloide DMT e se ingerida somente ela, o DMT não tem efeito algum por causa da enzima MAO-A presente no estômago que inibe a DMT. Os ramos de B. caapi contém harmina, tetrahidroharmina e harmalina que inibem a ação da Enzima causando a ativação da DMT levando aos estágios alucionógeno, por isso é conhecida como uma bebida enteógena.

Pra que serve? (indicações)

Imunossupressora

Localização

Esta planta ocorre em regiões amazônicas,  porém não está em terrenos de inundação (Igapó), mas em terra firme.


Cultura e como plantar

Pode-se multiplicar a planta com suas sementes


Mais sobre esse assunto

Sinonimos: Banisteria caapi Spruce ex. Griseb., Banisteria quitensis Nied., Banisteriopsis quitensis (Nied.) C.V. Morton, Banisteriopsis inebrians C.V Morton


Fotos:

banisteriopsis

Última atualização: 18 de setembro - 2016 às 23:17
Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "c"

  • Casca-preciosa
  • Café
  • Chacrona (Psychotria viridis)
  • Cipó-mariri - Ayahuasca (Banisteriopsis caapi)
  • Coqueiro - Cocos nucifera
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter