Chambá é uma planta, também conhecida por nome de remédios à base de Dipirona, por causa da sua eficácia contra dor de cabeça, por ser analgésica e anti-inflamatória. Cultivada mais em regiões amazonenses, ela é bem conhecida pela população indígena que as usam em rituais sagrados como forma de um inalante chamado rapé.


Nome científico
Justicia pectoralis var. stenophylla

Outros Nomes

Chachambá, trevo-do-Pará, trevo-cumaru


Família
Angiospermae – Acanthaceae

Características

  • Erva sempre verde
  • Porte pequeno (herbácea) – até 40cm de altura
  • Perene
  • Subereta
  • Folhas membranáceas simples, fininhas e compridas chegando até 10 cm de comprimento.
  • Flores roxas bem pequenas
  • Frutos encapsulados

Ao efetuar a coleta da planta no seu habitat, sobe um cheiro de cumaru dela mesma (consultar a página sobre o cumaru).


Componentes Químicos

Cumarina, umbeliferona, diidroxicumarina, betasisterol, lignana justicidina B, betaína, C-glicosilflavonas-0-metoxiladas eswertisina, eswertiajaponina, 2”-0-ramnosileswertisina, 2”-0-ramnosileswertiajaponina, ácido orto-hidroxi-transcinâmico acetilado.


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

AfrodisíacaAnalgésicaAnti-inflamatóriaAntipiréticaBroncodilatadoraExpectoranteSudorífica

Na tradição indígena ela é muito usada para fazer um inalante em forma de chá chamado rapé, que provoca alucinações. Se faz um chá com as folhas e esse chá é inalado em rituais indígenas.

Em estudos de comparação entre a Amburana e o Guaco, foi notado atividade semelhantes entre as três plantas, no que diz respeito a atividade analgésica e anti-inflamatória.

Ao usar suas folhas, não deixar com que  fungos se proliferem nelas, pois assim ela pode produzir a modificação da cumarina fazendo reagir e produzir o dicumarol que é tóxico e hemorrágico.

Como essa planta tem uma ação anti-inflamatória e analgésica, ela diminui a dor tão logo o usuário a consome, levando o povo a chamar de Anador, fazendo referência a este remédio para dor de cabeça conhecido no Brasil, semelhante ao Dorflex.

Pra que serve? (indicações)

AntileucêmicaCefaléiador de barrigaEspasmódicaFebre Aqui denominada febre de origem obscura, ou desconhecida acontece quando não se sabe a causa. Quando é medida no paciente com quantos graus ele está e acusa a partir d Saiba mais...gasesInfecção pulmonarinflamaçãoLeucemiareumatismotosse

Cuidados no uso e advertências

Esteja atento, pois a sua eficácia ainda não foi comprovada por testes laboratoriais em totalidade, apenas uso popular.

Ficar atento ao chambá-falso, com o mesmo nome científico sendo que sem ser a variade stenophylla. Este falso chambá tem as folhas mais largas, porém é usado também para os mesmos fins sem problemas, sendo que é melhor escolher a nossa variedade aqui tratada.


Localização

Cultivada em regiões amazônicas


Cultura e como plantar

Para propagar, pegar um ramo e colocar em água hidroponizado, esperar enraizar e depois plantar. Pode multiplicar por estacas também.

Nas hortas de plantações de plantas medicinais ela é posta em canteiros afim de que ela cresça e se distingua das outras que nascem ao redor como grama, que algumas são bem parecidas, e podem ser confundida por sua aparência herbácea.


Fotos:

justicia pectoralis melhoral anador

Melhoral Planta medicinal – Scott.zona

Última atualização: 8 de dezembro - 2014 às 0:48
Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "c"

  • Casca-preciosa
  • Café
  • Chacrona (Psychotria viridis)
  • Cipó-mariri - Ayahuasca (Banisteriopsis caapi)
  • Coqueiro - Cocos nucifera
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter