Meditação evita estresse e traz benefícios para a saúde

É fato que a meditação ajuda e muito a distúrbios de cidade grande de hoje em dia como estresse, irritação, ansiedade, depressão, sentimentos negativos, angústia, tristeza, isso porque o nosso corpo entra em um estado de repouso. Quando passamos a meditar, ficamos mais ‘zen’, mais calmos. A meditação não pode ser levado em conta quando estamos sem fazer nada e concentrado em alguma coisa como escutando uma música ou lendo, assim seu cérebro ainda está em funcionamento e não é meditação. É preciso fechar os olhos, se posicionar e se desligar de tudo, ficar com se tivesse dormindo acordado e passar um tempo assim, assim a irritação toda vai embora e podemos viver uma vida melhor.

Meditação ao ar livre

Meditação pode ser feita em qualquer lugar, de preferência tranquilo e perto da natureza – Na foto Meditação no Madison Square Park

Um recente estudo, do qual vamos falar aqui descobriu que a meditação pode ser eficaz para sintomas depressivos e irritação, e até diminuir dor. Porém as outras efeitos do nosso organismo eles não encontraram tanta evidência que ela é boa, como distúrbios do sono, de aprendizagem, perder peso, melhorar humor, mas esses podem ser melhorados como consequência dos outros, pois pode uma pessoa ficar com problemas de aprendizagem por causa de irritação, ou emagrecer por causa da depressão.
Eles pegaram pessoas com depressão e trataram com antidepressivos, e outras pessoas com depressão tratando com a prática da meditação, e chegaram a conclusão que ela pode diminuir e muito o estresse, que é um causador dessas mazelas psicológicas. Lá nos EUA eles levam tanto a meditação a sério que chegaram até a colocar salas de meditação com estudo sobre ela para os alunos em escolas.

Neste estudo desenvolvido por essa revista de medicina JAMA MEDICINE ficou provado que estresse, ansiedade, angústia, tristeza, depressão, foi diminuído em pacientes que foram submetidos a sessões de meditação podendo diminuir de 20 a 40% dos sintomas.

Mas como tudo, para algumas pessoas isso não funciona, isso é só porque o nosso cérebro acredita que com a meditação nós ficaremos melhores, e então ele já passa pensar de uma maneira em que achamos que já estamos calmos e curados dador.
Estavam até querendo fazer mais estudos pra provar que não era tão eficaz, mas viram que como essas terapias alternativas são muito bem aceitas pela população que acreditam que a meditação, remédios caseiros, medicina alternativa funcionam, então acharam que não é preciso se aprofundar mais no assunto, porém outros discutem que é necessário sim se aprofundar mais no assunto, pois isso gera resultado.

Existe também a religiosidade, pessoas evangélicas tendem a não querer praticar a meditação nas escolas, mas quando vão à igreja vão orar de joelhos, no que passam um tempo meditando indiretamente. Essas pessoas religiosas acham (ou sabem) que o estresse e dor foi embora porque Deus interviu sobre ela, e as pessoas céticas acham que foi a meditação na hora de orar que fez com que elas se curasse. Existe muita discussão sobre o assunto.

E você, quando está irritado, já praticou meditação para se acalmar?

Com informações de Los Angeles Times Science 1 – 2 e JAMA Internacional Medicine

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB e cia.
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 1 de agosto - 2014 às 6:58

Faça parte do nosso grupo no Facebook

grupo facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.