Família se intoxica com couve-falsa (Nicotiana glauca) 1 pessoa morre

Uma família foi intoxicada em Santa Luzia – Belo Horizonte, depois de ingerirem um refogado de folhas de uma espécie de planta venenosa conhecida como Charuto do Rei – Nicotiana glauca (não é a Nicotiana tabacum que se usa para fazer cigarros). Eles confundiram porque a folha da planta se parece muito com a folha da couve, mas após análise de um engenheiro agrônomo solicitado, foi visto algumas diferenças como as nervuras que são diferentes, em uma é saliente no plano e na folha da outra espécie não, mas é reta em relação ao plano da folha. A família inteira (5 pessoas) foi intoxicada, mas uma pessoa de 47 anos morreu (a pessoa que levou a muda para o plantio no quintal). Os sintomas foram observados começando as 15h da tarde e o falecimento às 16h.

nicotiana glauca folha

Folha de Nicotiana glauca

Eles pegaram a folha da planta que estava sendo cultivada no quintal há 8 meses e fizeram o refogado. Após comer, uma das pessoas relataram sentir dores nos membros inferiores e superiores e sentir o corpo pesado. Após aparecer os sintomas, a sobrinha fez uma pesquisa na internet e através dos sites descobriu que a planta se tratava da Nicotiana glauca, que tem alcaloides tóxicos ao ser humano. Já falamos aqui sobre como é feito o procedimento em universidades para saber se uma planta é tóxica na fisiologia dos mamíferos, é assim que sabemos. Algumas plantas que usamos na medicinal natural são tóxicas mas não letais, podendo ser usadas racionalmente em quantidades baixas. Porém essa Nicotiana glauca é muito tóxica e isso já era relatado na ciência. Veja também esta Oleandro – Nerium oleander, considerada uma das mais tóxicas do mundo.

A confusão se deu porque a planta é conhecida como Couve-do-mato, essa tóxica que também é conhecida como Charuto-do-Rei. O que se entende é que eles confundiram com a Couve comestível, por causa do nome popular, acharam que por ser denominada popularmente como “couve”, poderia ser comestível. Para evitar casos como este, é preciso procurar as informações das plantas pelo nome científico, que é único mundialmente e as informações levariam à planta tóxica, mas nem uma busca de informações sobre nome popular foi feita, foi só pelo conhecimento de cabeça mesmo. O pintor colheu em uma empresa que ele trabalhava e levou para casa pra plantar. Após 8 meses, o preparo tinha sido feito picando as folhas para fazer um refogado e o efeito foi imediato após ingerir, apresentando sintomas de vômito, mal-estar, tremores, tonturas, fraqueza no corpo. As pessoas ficaram por mais de dois dias no hospital.

Relatei esse caso aqui para evitar que aconteça casos como este e promover o uso racional de plantas medicinais.

public

Sobre 

Ciências Biológicas - UFPB e cia.
Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
Siga-me!

    Me encontre em:
  • facebook
  • twitter
Última atualização: 1 de janeiro - 2017 às 3:37

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.