Tem origem do Norte da Europa. Planta ornamental que dá flores lindas e é bastante valorizada por isto. Em tempos medievais, acreditava-se que ela espantava maus espíritos.


Nome científico
Angelica archangelica

Características

Seu nome vem do latim e remete ao período medieval (herba angelica). Os caules também são usados na gastronomia. A planta cresce até 2,5 m. É uma planta com vida curta.


Componentes Químicos

Óleos voláteis como felandreno, borneol, limoneno, linalol, pineno. Iridoides, ácido valérico, taninos, resinas, cumarinas – bergapteno e angelicina.


Benefícios no organismo e propriedades medicinais

Anti-inflamatóriaAntiespasmódicaBactericidaCarminativaDiaforéticaDigestivaDiuréticaExpectorante

Auxilia a digestão, é diaforética, anti-espasmos, anti-inflamatória, carminativa, expectorante, diurética e bactericida.

Partes usadas

Folha, raiz e óleo essencial. O caule pode ser cristalizado e usado em bolos. Das raízes e das sementes pode-se extrair o óleo essencial. Esse óleo é muito usado como tempero, aperitivos e licores.


Como usar / Chás e receitas

Óleo de massagem: Usar 5 gotas em 15 ml de óleo de amêndoa para massagem do tórax para quem sofre de bronquite ou tosse. Também pode ser usados em articulações com artrite.

Decocção: Tomar 1/2 xícara de uma decocção feita com a raiz da planta para tratar de má digestão, artrite, má circulação, e resfriados.

Tintura: 60 gotas três vezes ao dia para bronquite ou flatulência.

40 gotas de tintura feita com a raiz da Angélica para diminuição de secreção pulmonar, tosse,  indigestão e perda de apetite.

Infusão: Para prevenção de indigestão, tomar 1 xícara da infusão feita com folhas  após as refeições.



Cuidados no uso e advertências

  • Não usar Angélica na gravidez.
  • Não usar se for diabético.
  • É fototóxica, ou seja, não pode ir ao sol após aplicação na pele.

Cultura e como plantar

  • Angélica gosta de solo fundo e fértil, com composto orgânico e úmido.
  • Aconselhável cultivar em luz direta do sol.
  • Semear na primavera e transferir para lugar definitivo.
  • É uma planta que se espalha.
  • Na natureza, encontramos em áreas pantanosas.
  • Colher folhas e caule no início do verão.
  • Colher as raízes quando a planta estiver com mais de um ano e faça isso no outono.
  • Colher as sementes quando maduras.

Fotos:

Angélica

Última atualização: 27 de maio - 2014 às 17:16
Lista das plantas medicinais de A a Z

Continue lendo mais plantas com letra "a"

  • Angelim falso (ou pau bicho)
  • Antúrio
  • Agaí
  • Araticum - Annona spinescens
  • Abricó-do-Pará - Mammea americana
  • Mais

  • Continue lendo mais artigos

    Sobre 

    Ciências Biológicas - UFPB e cia.
    Email: eversonsazevedo[at]gmail.com
    Siga-me!

      Me encontre em:
    • facebook
    • twitter